Browse By

Category Archives: Destaques

Análise – Destiny 2

Por: Luigi Wagner Lançado em 2014 a uma avalanche de (justificadas) críticas, Destiny¸ primeira empreitada em uma nova propriedade intelectual pela Bungie em algum tempo (depois do estúdio ter passado anos por conta da série Halo), era um jogo que inspirava uma dose quase paradoxal

Análise – Pyre

When the stars align The Rites shall come to bear Illuminate the signs The exiles shall be there Pyre, da SuperGiant Games, é antes de mais nada uma experiência narrativa interativa. Seu gameplay é fácil, rápido e intuitivo, porém possui um papel “menor” dentro da

A Era dos Games: uma exposição para novos e velhos jogadores

A historia dos vídeo-games é bastante complexa, seja pela grande quantidade de consoles e jogos que já existiram, seja pelo fato de não termos de modo acessível as experiencias do passado, pois emuladores são excelentes ferramentas de experimentarmos jogos dos passados, mas por um fator

Sonic Mania e meu dilema com o ouriço azul

No último final de semana eu joguei a sensação do momento “Sonic Mania” em um (vejam que ironia do destino) Nintendo Switch. O jogo vem sendo recepcionado pela comunidade e pela critica omo um dos melhores jogo do Ouriço azul. Porém provavelmente foi uma experiencias mais

Primeiras impressões – ARMS (Global Testpunch Switch)

É fato que a Nintendo esta tentando fazer as coisas diferente com o Nintendo Switch. Completamente diferente de ceto modo dos seus consoles predecessores, e talvez Arms seja um dos melhores modos de perceber essa mudança. Neste ultimo final de semana, foi possível participar do

Análise – Hellblade: Senua’s Sacrifice

Por: Luigi Wagner A capacidade que temos de compreensão quanto à agonia emocional e mental daqueles que mais sofrem nessa esfera do “ser” é sincera somente até certo nível. A verdadeira angústia emocional experienciada por indivíduos atingidos pela depressão, por distúrbios de bipolaridade ou qualquer

Análise – Perception

Por: Luigi Wagner A capacidade que os games têm de nos fazer enxergar o mundo através de outros olhares é uma qualidade, até certo ponto, quase que exclusiva desta mídia. Ao nos obrigar a projetarmos nosso próprio “eu” dentro do “avatar” o qual controlamos no