Browse By

Análise – Lovers in a Dangerous Spacetime

Lovers In a Dangerous Spacetime

Lovers In a Dangerous Spacetime
87

Jogabilidade

9/10

    Historia

    7/10

      Design

      10/10

        Trilha Sonora

        9/10

          Conceito

          9/10

            Pros

            • Co-op Local
            • Personalização da nave
            • Diferentes modos de percorrer o mapa
            • Desafiador

            Cons

            • Alguns cenários muito coloridos
            • Dificuldade em controlar a nave em fases aquaticas

            Uma coisa é fato nesse mundo, o co-op local, aquele antigo de jogar com amiguinho sentado do seu lado no sofá está aos poucos morrendo. O Multiplayer online ganhou tamanha força que acabamos nos surpreendendo com jogos que sua jogabilidade seja planejada em dois ou mais jogadores buscando um objetivo em conjunto .

            E então chegamos a pérola que é Lovers in a Dangerous Spacetime, um excelente jogo no estilo de shooter espacial/ plataforma/ 2D/Co-op local que nos mostra que ter alguém jogando ali do seu lado faz toda a diferença.

            Enredo

            Não espere uma trama épica, ou melhor, até espere, mas de certo modo ele subverte o gênero de historias épico, pois o jogo é todo baseado brigar com o namorado(a) pra ver quem vai dirigir a nave no amor.

            O mundo era um lugar amável e gentil graças ao Reator do Ardor, porém um belo dia ele resolveu ter uma pane e explodir, com isso todo o amor que estava sendo dissipado pelo universo acaba e apenas o Anti-amor impera, gerando criaturas do mal que capturam os animais fofinhos.

            E é ai que você romântico jogador e explorador espacial entra em jogo tendo que reunir os quatro pedaços do gerador para tornar o universo um local novamente amoroso.

            Jogabilidade

            O objetivo do jogo é bem “simples” explore a galáxia, salve coelhos, sapos, etc e abra caminho até o reator. Ele funciona no sistema de fases então existe um grande mapa onde você deve explorar para salvar as criaturinhas enquanto destrói uma série de inimigos.

            São 4 mundos com 5 fases cada sendo a ultima fase sempre o boss daquele “mundo”. O mundo estará sempre coberto por uma “nevoa” no mapa que só desaparece quando você navega pelo mapa.

            Além de uma série de inimigos, você pode encontrar itens de melhorias, planetas, vida, armadilhas como malditas bombas nucleares no meio de um labirinto desesperador pra fugir, entre outras surpresas.

            A nave

            Mas como um jogo Co-op pode ser de nave? Simples, você e seu companheiro deve junto colocar uma espécie de estrela da Morte – ou seria do amor – para funcionar controlando e se revezando nos canhões, motor, escudo, mapa, Blaster especial, tudo de modo organizado para dar conta dos inimigos que surgem no mapa.

            Conclusão

            Lovers é mais do que um jogo agradável ou mesmo estiloso, ele acaba sendo também um tributo aos jogos de co-op de sofá de outrora, e também por que não dizer um tributo ao amor.

            Portanto aproveitem esse Valentine’s Day, chama a pessoa que você ama para poder dividir uma tarde agradável com risadas, uma dose de irritação e alegria,e agradeça por ter alguém com quem dividir isso. Quase como eu faço todos os finais de semana disponíveis <3

            Lovers in a dangerous spacetime pode ser encontrado para PC, Ps4 e Xbox One.