Browse By

CS:GO – Astralis bate fnatic e vai a final do ELEAGUE Major

Pela primeira vez na história a Astralis chega a grande final do ELEAGUE Major. A vaga veio após a vitória contra a equipe da fnatic, precisando apenas de dois mapas para consagrarem a passagem para a partida que vale $500.000,00.

Astralis 2 x 0 fnatic

19 x 16 (Cache)

O primeiro pick do jogo ficou com a fnatic, que de saída escolheu o mapa da cache. A Astralis escolheu começar no lado contra terrorista. Teve um inicio melhor, venceu o round pistol, os anti-ecos e conseguiu abrir vantagem.

A Fnatic necessitou pausar a partida e contar com dois clutchs seguidos de Joakim “disco doplan” Gidetun, para voltar a partida e conseguir o empate. Os dinamarqueses também usaram do mesmo artificio, pausaram a partida e na volta conseguiram alcançar seu nono ponto no half, terminando-o com leve vantagem.

Vencendo o segundo pistol do mapa, a Astralis continuou aumentando sua vantagem. Mas os suecos surpreenderam no round forçado, Dennis “Dennis” Edman  apenas com uma desert eagle segurou a intenção dos adversários pela região e garantiu o sétimo ponto da sua equipe, que conseguiu encostar no placar em seguida.

Mas os dinamarqueses não deixavam a Fnatic tomar conta do jogo. Nicolai “dev1ce” Reedtz buscou toda a responsabilidade puxando a AWP e iniciava um jogo metódico contra Fnatic, que tentava responder com jogadas agressivas de Olof “olofmeister” Kajbjer e Dennis, porém surtia pouco efeito.

Os dinamarqueses não demoraram muito para conquistar seu decimo quinto ponto round. Porém mesmo forçado os suecos conseguiam se defender de map points. E quando o placar marcava 15 a 14 para a Astralis, no 1×1 contra gla1ve, Olof aplica um memorável ninja defuse e forçando a prorrogação.

No overtime a Fnatic continuou com dificuldades. Mesmo conseguindo as primeiras eliminação, foi impossível impedir que os dinamarqueses conquistassem os três pontos do half. No inverter das funções, a Fnatic até conseguiu um ponto, dando esperanças para a equipe. Mas não teve jeito, vitória dos dinamarqueses por 19 a 16, no mapa de escolha dos suecos.

16 x 05 (Nuke)

Mesmo começando pelo lado terrorista na Nuke, os dinamarqueses abriram o placar com um belo pistol round, garantiram os antiecos e ainda o primeiro armado, a fnatic venceria apenas no quinto round, conseguindo outro em seguida, mas o que parecia a reação dos suecos caiu por água abaixo com as boas jogadas de Nicolai “device” Reedtz pelo lado de fora do mapa. Pelo lado da fnatic, quem se destacava era Olof “olofmeister” Kajbjer, também de AWP, mas a Astralis soube manobrar e fugir da visão de olof sempre conseguindo uma boa entrada onde o jogador se ausentava. A facilidade dinamarquesa na entrada dos bombs fazia com que o placar se abrangesse ainda mais, e ao fim da primeira metade marcava expressivos 12 x 03.

Para complicar ainda mais o lado sueco, os dinamarqueses conquistaram o pistol round de CT. Ao garantir o primeiro antieco, a Astralis relaxou um pouco e perdeu a rodada na sequência 14 x 04, a fnatic ainda conquistaria outra rodada, antes que os dinamarqueses fechasse o jogo em 16 x 05 e garantissem a vaga na grande final do ELEAGUE Major.

Para saber todos os horários do torneio visite nosso hotsite do major. Não esqueça de participar de nosso sorteio de adesivos.

Para mais notícias e artigos sobre eSports curta nossa página no Facebook.