Browse By

CS:GO – SK vence North, conta com ajuda da Astralis e chega a final da BLAST Pro Series

A SK conseguiu garantir sua vaga na final na última partida (Foto: Reprodução/HLTV)

Depois de um dia de confrontos a SK Gaming conseguiu se classificar para a final da BLAST Pro Series. Com três vitórias e duas derrotas, os brasileiros contaram com uma grande ajuda do seu adversário na final, Astralis, para chegar a decisão. A equipe da casa venceu/empatou com a FaZe, resultado necessário para levar os brasileiros para o último duelo de amanhã.

Os brasileiros derrotaram G2, Ninjas in Pyjamas e North e perderam para Astralis e FaZe. Confira como foram as partidas da SK Gaming na primeira fase:

SK Gaming 3 vs. 16 Astralis – Inferno

Na abertura do campeonato, a SK Gaming comprovou que não vive uma boa fase no mapa da Inferno. Jogando contra os donos da casa, a equipe brasileira em nenhum momento do duelo mostrou que poderia vencer. Já a Astralis, mesmo jogando com Dennis “dennis” Edman no lugar de Nicolai “device” Reedtz foi consistente a ponto de abrir 13 a 2 no primeiro half.

No segundo half, sem muito esforço, os dinamarqueses fecharam o duelo em 16 a 3.

SK Gaming 16 vs. 8 G2 – Cobblestone

Precisando se recuperar na competição, os brasileiros foram sólidos e conquistaram uma excelente vitória diante da G2. Jogando na Cobblestone, os brasileiros foram cirúrgicos no lado terrorista, buscando as primeiras eliminações, dificultando a marcação dos bombsites pela equipe adversária. Com isso, viraram o half vencendo por 13 a 2.

No segundo half, a diferença caiu por conta da derrota no pistol round e os econômicos seguintes. Mas com tranquilidade, venceram os três rounds necessários e fecharam em 16 a 8.

SK Gaming 16 vs. 4 Ninjas in Pyjamas – Train

Como uma revanche da IEM Oakland, a SK não deu chances para a NiP. Com Marcelo “coldzera” David imparável, com uma média de mais de uma eliminação por round e um rating de 2.24, a equipe sueca não conseguiu fazer seus avanços sem ser punidos. Graças a isso, a SK fechou o half novamente em 13 a 2.

O segundo half seguiu a mesma toada do primeiro, com os brasileiros com uma gana de vencer e fechando o confronto em 16 a 4.

SK Gaming 8 vs. 16 FaZe – Mirage

Irreconhecível em comparação com as outras partidas, a SK sucumbiu diante da FaZe por 16 a 8. Jogando no mapa da Mirage, até tiveram um bom começo de half, chegando a fazer 5 a 3. Mas depois a equipe que lidera o ranking mundial começou a acertar balas impossíveis e garantir rounds complicados. Nervosos, a SK acabou sofrendo a virada e perdendo o half por 9 a 6.

No segundo half, os brasileiros não acertaram o lado contra-terrorista e rapidamente a FaZe fechou o duelo em 16 a 8.

SK Gaming 16 vs. 12 North – Mirage

Precisando de vencer a North e ainda torcer para a Astralis vencer a FaZe, os brasileiros novamente jogaram na Mirage. De novo saíram na frente e abriram uma pequena diferença, mas no meio do primeiro half sofreram a virada. Com isso, os dinamarqueses viraram o half vencendo por 8 a 7.

No segundo half, a vantagem da Norh chegou a aumentar para quatro rounds. Mas variando a formação defensiva, os brasileiros conseguiram virar a partida e garantir a vitória por 16 a 12 necessária para chegar a final. Dependendo apenas do resultado de Astralis e FaZe.