Browse By

CS:GO – Em jogo apertado, SK Gaming vira contra a Liquid e garante sobrevida na ELEAGUE Premier

Fer e Fallen durante a EL Premier | Foto: ELEAGUE

A equipe brasileira da SK Gaming disputou no início da noite desse sábado (30), partida eliminatório no grupo D da ELEAGUE Premier contra a Team Liquid. Os brasileiros venceram por 2 a 1 e enfrentam a Heroic logo mais 19h15 por vaga nos playoffs do torneio, que acontece em Atlanta.

Inferno 8 x 16

Na Inferno e de terrorista, a Liquid começou melhor vencendo o pistol round e garantindo também os antiecos, abrindo três de vantagem. Os brasileiro então venceriam o primeiro armado, além de levar a rodada da sequência também, mas  a SK parou.

Os norte-americanos simplesmente faziam o que queriam no mapa, sem conseguir conter as entradas e sofrendo com a atuação de Russel “Twistzz” Van Dulken, os brasileiros se viam em situação complicada, e larga distância no placar. Ao fim da primeira metade 4 x 11.

Determinando o caminho final do mapa, os norte-americanos venceram o pistol round da segunda metade com sobras e ainda garantiram os antiecos sem qualquer problema, o primeiro armado uma entrada da SK bagunçada para o bombsite B, impossível, havia virado passeio.

No que parecia ser o renascer das cinzas, os brasileiros se reorganizaram e melhoraram, conseguindo ser efetivos principalmente na região do bombsite A, por vezes entrando com facilidade. Após quatro rodadas conquistadas e o oitavo ponto na conta, pecaram e não mantiveram o after plant, conseguindo a Liquid resolver a partida e fechar o 8 x 16.

Overpass 16 x 8

Em seu mapa de escolha, Overpass, a SK Gaming começou vencendo o pistol round e garantindo os antiecos, ainda com as armas guardadas, os brasileiros vieram a perder o primeiro armado, mas se recuperaram na sequência, ampliando a vantagem para 6 a 1. Após isso o coach brasileira da equipe da Liquid, Wilton “zews” Prado pausou a partida, e a conversa foi efetiva, na volta os norte-americanos inverteram o setup com o bombsite B trabalhando de forma mais avançada e conseguindo duas vitórias em seguida.

Meio que invertendo os papéis do primeiro mapa, a SK não tinha qualquer dificuldade para entrar nos bombsites e armar a C4, a Liquid por sua vez não conseguia manter o bom padrão de retake que compôs nas três rodadas que venceu. Com visível dominância, os brasileiros fecharam o primeiro half em 10 a 05.

Na segunda parte quem venceu o pistol foi a Team Liquid, com um rush rápido para o bombsite B onde Jonathan “EliGE” Jablonowski e Nick “nitr0” Cannella destruíram os brasileiros logo na entrada, com duas eliminações cada. Porém, a Liquid levaria apenas mais um, no último econômico a SK trouxe um forçado com Marcelo “coldzera” David de CZ, aí todo mundo conhece a história, o melhor do mundo levou dois jogadores de dentro do bombsite A, e ainda recuperou uma AK-47 para levar o 1v1 e garantir o décimo primeiro dos brasileiros (11 x 7). Os norte-americanos trariam a rodada em seguida de volta, parecia então que o jogo se enrolaria, mas a SK não titubeou e com Epitacio “TACO” de Melo sendo um dos destaques da segunda parte, fechou a partida em 16 a 8.

Mirage 19 x 17

A SK Gaming começou de terrorista na Mirage, logo no primeiro round tentaram dominar a região do meio-A fazendo uma estratégia invertida via caminho de rato, mas não contavam com dois jogadores avançados na posição, resultado foi uma tripla eliminação de Nick “nitr0” Cannella.

A Liquid viria a garantir os antiecos, com a SK conquistando o primeiro ponto apenas no quinto round da partida, porém na sequência outra dominância dos norte-americanos colocaram o 1 a 7 no placar. Os brasileiros então tentaram dar um pouco mais de ênfase no bombsite B, sendo efetivos, conquistando três rounds e diminuindo a diferença, a Liquid daria o troco com outro round, cravando o 4 x 8.

Para não perder o momento da recuperação, apareceu a estrela de Fernando “fer” Alvarenga para conseguir tripla eliminação, as duas últimas de forma bastante rápida, infiltrado em meio aos adversários no after plant. A jogada trouxe mais inspiração para os brasucas, que ainda conquistaram outros dois, apertando o fim do half e fechando pouco atrás em 7 x 8.

Na segunda parte a Liquid veio no pistol round com uma entrada para o bombsite B, os brasileiros até conseguiriam garantir o retake, mas o tempo e a falta de um kit de desarme não combinaram, ponto para os norte-americanos. Na sequência a SK devolveria no forçado, e ainda levaria a rodada da sequência, empatando em 9 a 9, e jogando os norte-americanos num econômico, ficando fácil para passar a frente no placar.

Apareceria novamente então o coach brasileiro Wilton “zews” Prado para reorganizar a casa da Liquid com um pause tático, sendo rapidamente efetivo, com os norte-americanos fazendo uma bela entrada no bombsite A, sem chances para a defesa da SK e posteriormente o retake, empatando novamente a disputa.

Era hora do melhor do mundo brilhar, e foi assim que aconteceu. Em três rodadas, Marcelo “coldzera” David eliminou nove jogadores, liderando a SK Gaming na rota da vitória e cravando o 13 a 10 no placar, em seguida a Liquid voltaria ao jogo, primeiro com uma entrada bem combinada para o bombsite B, depois com um domínio meio-A, onde uma molotov salvou o after plant dando o décimo segundo para os norte-americanos (13 x 12).

Foi o momento em que outra alteração no setup da SK aconteceu, com um double AWP voltando a aparecer em Gabriel “Fallen” Toledo e Marcelo “Coldzera” David, o segundo fechando o tapete e impossibilitando a entrada da Liquid no B (14 x 12). O jogo apertado se mostraria ainda mais ao fim, após mais um conquistado, uma rodada completamente maluca por parte da Liquid, que fez uma entrada pausada, perdendo vários elementos da equipe, mas ainda sendo garantida pelo clutch 1v2 de Josh “jdm“‘ Marzano. (14 x 14).

A vitória dos norte-americanos jogou os brasileiros num econômico, ficando fácil para passarem a frente. Porém, no fim a SK apareceu e garantiu o 15 a 15 e o jogo para o overtime.

A primeira parte do tempo extra contou com a SK Gaming de CT, e foi até certo ponto tranquilo para os brasileiros, que conseguiram inibir os norte-americanos sem grandes problemas, perdendo apenas a rodada conclusiva do half, fechando em 17 x 16.

No primeiro round da segunda parte, a Liquid viria a vencer, mas logo a SK deu o troco e passou a frente de novo. Na rodada decisiva, os brasileiros viriam para dominar o caminho de rato, abrindo espaço para a ligação e armando a C4 no bombsite A, em minoria de jogadores, ficou impossível da Liquid conseguir o retake e a partida se encerrou em 19 x 17.

Para os horários e tabela da ELEAGUE Premier 2017 clique aqui.

Para mais artigos e notícias sobre eSports curta nossa página no Facebook.

Gosta do nosso trabalho? Considere participar de nossa campanha para custear o site, veja informações aqui.