Browse By

CS:GO – Immortals vence Virtus.pro, cala torcida polonesa e está na final do PGL Major Krakow

Pela primeira vez na história, uma equipe vinda dos minors chega a final de um Major (Foto: Nick Phan/Immortals)

HISTÓRICO, HISTÓRICO, HISTÓRICO. a Immortals segue fazendo história no PGL Major Krakow 2017. Jogando contra a Virtus.pro, equipe da casa, os brasileiros calaram toda a TAURON Arena Kraków e venceram por dois mapas a zero.

Sendo dominante desde o início, os brasileiros não sentiram a pressão e mostrando muita tranquilidade, mesmo quando estavam sofrendo na partida, para vencer tando a Inferno, quanto a Mirage. Na Inferno, mapa de escolha deles venceram por 16 a 5 e na Mirage venceram por 16 a 11.

Amanhã farão a final inédita contra a Gambit às 12h horário de Brasília.

O Jogo

  • Mapa 1: Inferno
  • Resultado: Immortals 16 x 5 Virtus.pro
  • Destaque: Lucas ‘LUCAS1‘ Teles
  • Começando de terrorista, os brasileiros não se assustaram ao rush da VP no meio e garantiram o pistol round. Controlando boa parte do mapa nos econômicos dos europeus, a Immortals garantiu os dois rounds e abriu três a zero no placar.

    No primeiro armado, a Immortals tentou avançar, buscando as primeiras eliminações, sendo punida e perdendo o round. No segundo armado, os brasileiros se perderam na estratégia e acabaram cedendo o ponto no tempo. Forçando o armamento, os brasileiros aceleraram a jogada invadido o bombsite B com várias flashbangs, garantindo o round.

    quebrando a economia polonesa, a Immortals conseguiu abrir quatro rounds de diferença, antes dos adversários poderem se armar novamente. Sólida ofensivamente e não desperdiçando as chances de eliminar, garantiram a vitória no half em apenas onze rounds.

    A Virtus.pro sofria por conta da economia e sempre tinha que fazer ecos para poder comprar tudo depois. E foi num eco que conseguiram voltar a pontuar depois de seis rounds. Graças a Jarosław ‘pashaBiceps‘ Jarząbkowski que conseguiu três eliminações, segurando o avanço brasileiros pelo meio.

    Mesmo vencendo mais um round, a Immortals dominou o lado terrorista e fechou o half em 11 a 4.

    No segundo pistol, a Virtus.pro tentou fazer um avanço rápido pelo corredor, mas fazendo um excelente retake, a Immortals garantiu ponto. Porém, no round seguinte, Janusz ‘Snax‘ Pogorzelski fez um triple kill, conquistou o ponto e quebrou a economia brasileira. Mas, sem coordenação para fazer os avanços, a VP cedeu o round seguinte para os brasileiros que ficou próximo da vitória no mapa.

    Sem muita dificuldade, os brasileiros seguraram as últimas tentativas da Virtus.pro e fecharam o mapa em 16 a 5.

    Confira os melhores momentos do primeiro mapa


  • Mapa 2: Mirage
  • Resultado: Immortals 16 x 11 Virtus.pro
  • Destaque: Ricardo ‘boltz‘ Prass
  • Mapa de escolha dos donos da casa, a VP começou perdendo. A Immortals conseguiu segurar o avanço no bombsite A para vencer o round pistol. Assim como no primeiro mapa, os brasileiros garantiram com facilidade os ecos do adversário para abrir três a zero.

    No primeiro armado, a VP demorou para controlar o meio do mapa e decidir onde seria seu avanço, com isso perderam o round e fizeram um pause tático para se acertar.

    Somente depois de cinco rounds a VP chegou ao seu primeiro ponto fazendo um bom avanço no bombsite A pela ligação. Mas, no round seguinte, a Immortals conseguiu quebrar a economia adversária depois de um retake no bombsite B. Sem se encontrar na partida e vendo a Immortals abrir uma boa diferença, a VP novamente parou a partida.

    Precisando de um brilho individual, a VP contou com ‘pashaBiceps‘. O polonês ganhou um clutch 1vs4 e garantiu o segundo ponto da sua equipe. Com isso quebrou a economia brasileira que fazer dois rounds econômicos e a vantagem que era de sete rounds caiu para quatro.

    Mesmo perdendo três rounds consecutivos os brasileiros mantiveram a concentração para se recuperar e garantir a vitória no primeiro half por 11 a 4.

    No segundo pistol do mapa, a Immortals tentou acelerar para o bombsite B, sem sucesso. A VP soube ser paciente para garantir os rounds econômicos do adversário e chegar ao seu sétimo ponto.

    Se recuperando na partida, os donos da casa mostraram uma defesa sólida e tirou a vantagem brasileira vencendo seis rounds consecutivos. Com isso a Immortals parou a partida para pensar em formas diferentes de avançar. O que funcionou. Logo no round seguinte, venceram com uma boa entrada no bombsite B.

    Porém no round seguinte, não conseguiram executar bem a jogada de smokes no bombsite A e perdeu o round. Mas para ganhar emoção, os brasileiros venceram o round logo depois e foi a Virtus.pro que ficou sem economia.

    No round decisivo, a VP forçou toda sua economia, porém sua defesa falhou e foram obrigados a fazer um round econômico e ceder o match point para os brasileiros. No round decisivo, a Immortals foi cirúrgica ao punir os erros poloneses e fechou a partida em 16 a 11.

    Para saber tudo sobre o PGL Major Krakow 2017 visite nosso link de cobertura. Participe do nosso sorteio de adesivos.

    Para mais artigos e notícias sobre eSports curta nossa página no Facebook.

    Gosta do nosso trabalho? Considere participar de nossa campanha para custear o site, veja informações aqui.