Browse By

CS:GO – Immortals derrota FlipSid3, se classifica e coloca dois brasileiros nas finais do PGL Major Krakow

Immortals faz história e chega a legends (Foto: HLTV.org)

Está na história. Pela primeira terão duas equipes brasileiras nas finais de um mundial de Counter-Strike: Global Offensive. A Immortals conseguiu sua vaga de legends ao derrotar a FlipSid3 na última partida da fase de classificação do campeonato. Jogando na Train, mapa que historicamente a F3 joga bem, os brasileiros controlaram todas as ações, tanto de contra-terrorista, quanto de terrorista. Mostraram uma agressividade que assustou os adversários e ajudou a fechar a partida em 16 a 6.

  • Resultado: Immortals 16 x 6 FlipSid3
  • Mapa: Train
  • Destaque: Vito ‘kNgV-‘ Giuseppe

O Jogo

Começando de contra-terrorista, os brasileiros não conseguiram segurar o avanço da F3 no bomb A no pistol round. Porém, forçando pistolas e colete conseguiram fazer o retake do bomb B, ganhando o round e quebrando a economia adversária. Sendo sólido defensivamente, a Immortals venceu o primeiro armado sem deixar o plant acontecer, deixando novamente a FlipSid3 sem economia.

Somente depois de quatro rounds, o time europeu voltou a vencer. Jan ‘wayLander‘ Rahkonen conseguiu um quad kill clutch 1vs3 e levou o round.

Porém, no round seguinte, os brasileiros quebraram a economia da F3 utilizando muito bem um setup de dois AWPs. Usando posições inusitadas, os brasileiros surpreendiam a F3 que ficava sem jogada. Com isso, logo os brasileiros garantiram vitória no round, chegando ao oitavo ponto.

Depois de perder cinco rounds consecutivos, a FlipSid3 decidiu acelerar a jogada para surpreender os brasileiros que acabou dando certo e chegaram a vencer mais três rounds antes de fechar o half. Com isso, a Immortals virou vencendo por 10 a 5.

No segundo pistol da partida, Vito ‘kNgV-‘ Giuseppe encurtou as distâncias no bombsite B, buscou três eliminações e trouxe o round para a Immortals. Depois, os brasileiros conseguiram garantir os dois rounds econômicos da F3, chegando ao 13º ponto.

No primeiro armado, os brasileiros optaram por ficar com as armas que dão menos dando, o que custou o round. No segundo armado, os brasileiros conseguiram fazer uma boa entrada pelo meio da A, fizeram as eliminações rapidamente. Logo, os brasileiros chegaram ao match point.

Sem economia, os players da F3 forçaram as compras mas pouco adiantou. Os brasileiros fecharam em 16 a 6.

Para saber tudo sobre o PGL Major Krakow 2017 visite nosso link de cobertura. Participe do nosso sorteio de adesivos.

Para mais artigos e notícias sobre eSports curta nossa página no Facebook.

Gosta do nosso trabalho? Considere participar de nossa campanha para custear o site, veja informações aqui.