Browse By

CS:GO – Como lucrar com o mercado de adesivos

 

Atualmente não é novidade as imensas possibilidades de mercado dentro do CS:GO. A venda de skins através de caixas e no mercado da comunidade movimenta quantias milionárias todos os anos, o que certamente chama a atenção dos “chefões” da Valve sobre esse mercado, e é óbvio, visualizando possíveis expansões.

Desde o primeiro major de CS:GO, o DreamHack Winter 2013, a ideia foi explorar a paixão dos jogadores de CS pelo cenário competitivo, criando uma espécie de adesivos dos times participantes para os fãs usarem em suas armas dentro do próprio jogo. O resultado não é novidade pra ninguém, e o sucesso foi tão absurdo a ponto de esperarmos ansiosamente pelos majors para adquirirmos esses adesivos, e em alguns casos transforma-los em uma mercadoria para lucrar dentro da Steam. Recentemente, foi liberada a compra de stickers do próximo major, o PGL Major Krakow 2017, então aqui vai algumas dicas para quem quiser tirar vantagem desse mercado.

Há vários tipos de pessoas que adquirem esses adesivos. Algumas compram para colar em suas armas, outras para disputarem o Pick’em Challenge proposto pela própria Valve, e outros vêem um grande potencial de mercado a ser explorado, e uma excelente forma de obter lucros (além daqueles que utilizam de várias formas, obviamente). Esse post é dedicado principalmente a aqueles que querem se dedicar a explorar o potencial de mercado com esses adesivos. AVISO IMPORTANTE: Boa parte do que será dito aqui é baseado em experiências próprias e certo estudo sobre o cenário, então, as ideias discutidas aqui são sim discutíveis, mas ainda assim vale  como uma excelente dica para quem quiser se aventurar nesses “investimentos”.

Primeiro de tudo e o mais importante: paciência. Esse é um mercado em que o lucro pode vir somente depois de meses, então não ache que no primeiro dia após a competição você já terá recebido. Seja paciente também na hora de comprar os adesivos. Mesmo com o mercado já oferecendo os adesivos para a compra, essa definitivamente não é a hora certa para adquiri-los. No último dia da competição, a venda desses stickers tende a ser realizada com um desconto de aproximadamente 75%, ou seja, eles hoje custando R$ 3,19, no ultimo dia custará aproximadamente R$ 0,80. É justamente aí que temos que comprar para ter uma expectativa de lucro, ou seja, isso o que será discutido aqui já não é viável para aqueles que disputam Pick’em Challenge.

Outro detalhe interessante é lembrar-se sempre de conferir o mercado da comunidade antes de comprar adesivos pelo próprio jogo. No último dia durante a noite é possível encontrar os mesmos adesivos ainda mais baratos no mercado da comunidade, então fique esperto!

 

Mas no final das contas, como lucrar com isso? Na grande maioria das vezes está associado ao desempenho dos times em si. Times que vencem torneios premieres, times que fazem trocas de line-up, e times considerados fracos e que mesmo assim se classificam para o major (sem muita esperança de se classificarem novamente) são os que apresentam as maiores perspectivas de aumento de preço. Alguns casos são o da Dignitas, que superando as expectativas se tornou campeã da Epicenter , e também a Optic se sagrando a campeã da última Eleague, ambos os times tiveram uma ligeira valorização no valor dos respectivos adesivos; vale destacar que nenhum desses times se classificaram para o PGL Major Kraow.

Não é só isso. Em casos mais extremos, times que dispensam a line-up (como também foi o caso da Dignitas), ou ainda pior, que declaram falência (como a Titan no ano passado) são alguns dos casos em que a valorização é mais abrupta. Ou seja, se tiver um pouco mais de dinheiro pra gastar, o ideal é ter no mínimo 1 de cada time, pois não sabemos o que pode acontecer futuramente.

E mais subjetivamente, temos os times “estrelas”. Com uma fanbase gigantesca não só em seu país natal, mas em todo o mundo, a Virtus Pro por exemplo tende a ser uma das organizações cujos adesivos mais valorizam com o passar do tempo. Contudo, a valorização mais assustadora é a da Faze Clan; não há nenhuma explicação lógica para isso, mas algumas hipóteses podem nos ajudar a entender a situação, e a principal delas é o time contar com jogadores de nacionalidades distintas, o que fomenta uma fanbase em toda a Europa, principalmente de países que não têm grande destaque no CS:GO, e os fãs acabam adotando o time como seu representante.

Em relação as assinaturas de jogadores, vale a pena? Depende. Como o adesivo é aleatório, o ideal seria comprar capsulas de times nos quais a maioria dos jogadores são considerados astros do cenário. Na Virtus Pro, a principal valorização está associada ao PashaBiceps, na G2, Kenny’S e Shox são os que chamam a atenção, na Na’Vi, temos Guardian e S1mple, e com a excelente fase da grande maioria de seus jogadores, a Faze se mostra uma ótima opção de investimento, com Niko, Kioshima e Rain se destacando assustadoramente. Ou seja, alguns times apresentam somente 1 jogador de destaque, já outros apresentam mais, então a aposta mais segura seria comprar dos que apresentam mais opções.

No último major, uma das aposta mais segura era a SK Gaming, e a história provavelmente vai se repetir, isso porque chegam como favoritos na competição e além disso contarão com um adesivo inédito de Felps. Com todos os jogadores em excelente performance, a equipe brasileira tinha uma boa perspectiva, essa que foi correspondida, já que um simples adesivo do Fallen chegou a custar R$ 5 semanas após a competição (um lucro de mais de 500%). Em relação aos atuais campeões (Astralis) não diria com segurança que eles seriam uma boa aposta, isso porque o mercado da comunidade já mostra os adesivos de alguns de seus players com certa desvalorização, o que pode ser preocupante.

A partir de aí é esperar a hora certa de vender, e quando isso vai acontecer? No final do major da PGL, saberemos quem são os Legends (times que já estão qualificados para o próximo major), e os times que terão que disputar um qualificatório até lá. Então… paciência. Não temos nenhuma informação sobre o major que acontecerá após esse, então o jeito é esperar até termos a maior quantidade de informações possíveis, e principalmente esperar o próximo qualificatório, aí sim a situação começa a ficar favorável.

Cerca de 10 dias antes do major é a situação ideal para a venda. Nesse prazo, já temos 100% de certeza sobre quais organizações definitivamente participarão do torneio, e que consequentemente terão seus adesivos, é aí que você vende. O ideal é vender o de todas as organizações que participaram do ultimo major, e que vão participar do próximo também, por exemplo: SK, Na’Vi, Flipside, Gambit, Astralis, Fnatic, Virtus Pro, Mousesports, Faze, G2 e North participaram do último major e também participarão desse, então o ideal seria vender os adesivos desses times e comprar os novos desses mesmos times.

E os adesivos dos outros times que não participarão dessa próxima edição? Simples, guarde-os. Não é porque NIP está fora desse major que ele não vai participar do próximo, então, quando o próximo major chegar, e se os Ninjas se classificarem, venda os adesivos deles que você tem guardado a um longo tempo e depois compre os novos. Essa lógica nem sempre vai funcionar, pois times fracos como a Splyce, que participou da MLG Colombus 2016 dificilmente voltará a um major. Nesses casos, vale esperar a valorização que mais lhe contentar para assim vender, lembrando que sempre a a possibilidade de algum time abandonar a line-up, o que também é um prato cheio para nós (investidores).

E os adesivos especiais (Brilhantes e Holográficos) e os grafites? Sobre os grafites, não houve aumento significativo do preço no mercado em quase nenhum time. Já os adesivos… bom, o preço deles é bem salgado naturalmente. Com o desconto do último dia, custam cerca de R$ 5. Além disso, a qualidade desses adesivos é na sorte, já que os brilhantes valem mais que os holográficos, e o outro fator é que a variação em relação ao desempenho ou fama dos times é ainda maior, então é torcer para sair com um time mais famoso. E o mais importante, na maioria das vezes dão prejuízo aos compradores (assim como as caixas de armas), então se sua ideia for investir, não aposte nisso… mas… nos casos da IBuyPower e Titan a história já foi diferente, a ponto de custarem quase R$ 500 em algumas situações. Então, se sobrar um dinheiro na sua Steam, não custa nada apostar né!

De modo geral, esse texto apresenta uma maneira de ganhar dinheiro com o mercado de adesivos da Steam, mas tudo sobre uma visão pessoal sobre a melhor maneira de fazer investimentos. Então, os argumentos apresentados aqui são completamente discutíveis, inclusive, uma discussão sobre o assunto nos comentários acrescentaria muito à ideia do artigo. Além disso, nós da GCB Games em parceria com a Draft5, Technohard e Kalango CS:GO estamos realizando um sorteio de 20 adesivos do PGL Major Krakow 2017, então quem quiser participar do sorteio (e ter uma grande margem de lucros se ganhar), basta clicar aqui. Curta também nossa página no Facebook para ter todas as informações quando saírem novas postagens. Lembrando que nossa equipe irá realizar a cobertura completa do Major, então, fiquem ligados.

  • Lucas Spricigo

    Dia 05 de fevereiro sai o resultado

  • pajuno

    Quando vai ser o sorteio dos adesivos? Ótima matéria