Browse By

CS:GO – Caminho ao Major – Natus Vincere [PGL Major Krakow 2017]

Player alternativo (clique aqui para baixar):

Para o PGL Major Krakow 2017 preparamos novamente a nossa série de artigos “caminho ao major”, mas dessa com um complemento bastante diferente. Junto dos artigos, os leitores poderão ouvir um podcast de aproximadamente 20 minutos aprofundando um pouco mais sobre a equipe em questão.


Aleksandr “s1mple” Kostyliev
Ioann “Edward” Sukhariev
Denis “seized” Kostin
Egor “flamie” Vasilyev
Ladislav “GuardiaN” Kovács

Uma das organizações mais famosas dos esportes eletrônicos, a Natus Vincere, vem enfrentando serias dificuldades em relação a resultados dentro dos servidores. Essa se iniciou no departamento de Dota 2, que há anos não vem conseguindo se firmar como uma expoente na modalidade, apresentando resultados pífios, mesmo com as constantes mudanças no plantel.

Na divisão de Counter-Strike a situação não é diferente. A saída de Daniil “Zeus” Teslenko para a adição de Oleksandr “S1mple” Kostyliev, foi recebida com grande entusiamo pelos torcedores e outras pessoas envolvidas no cenário mundial. A Na´Vi que ficou conhecida por não conseguir dar o ultimo passo na conquista de um titulo importante, em agosto do passado, trocava um grande nome da história da organização por um grande talento em ascensão.

O primeiro desafio do novo integrante foi a Starleadder Season 2, em Kiev. Mas, sua atuação com a equipe foi desastrosa, o pouco entrosamento entre eles, culminou na amarga ultima colocação do grupo.

Contudo, a equipe viajou para os EUA, foi para a disputa da ESL One New York. S1mple ganhou mais espaço na equipe, tomou a posição de segundo Awper da equipe (função que pertencia ao capitão da equipe Denis “siezed” Kostin). A equipe parecia outra. Começou a fase de grupos (disputada em formato suíço) avassaladora. Conseguiu 3 vitórias consecutivas, vencendo a SK Gaming na terceira partida, e avançou muito confiante para as semifinais. Nas fases finais do torneio, continuou em ótima forma, venceu com personalidade a dona da casa Team Liquid e a Virtus.Pro, e sagrou-se campeã do torneio.

No entanto, quando todos achavam que a Natus Vincere tinha voltado ao papel de protagonista, os problemas começaram a aparecer, mais uma vez.

De outubro, período da ultima conquista da equipe, até os dias de hoje, eles apresentam um constante declínio técnico. O que se nota nas apresentações da equipe é um time apático, sem organização e com pouca criatividade. Outro fato que possa explicar essa queda de rendimento da equipe, é o desligamento do ex-jogador e coach da equipe Sergey “Starix” Ischuk, que por dois anos comandou o esquadrão, além disso, foi um dos responsáveis por criar o estilo de jogo solido e consistente, traço que foi marcante na equipe, nos últimos anos.

Um dado que prova essa dificuldade nos últimos meses, é o melhor e pior rating de seus integrantes. Enquanto S1mple fica em torno de 1.2 (um dos mais altos do mundo), o do capitão da equipe, Siezed, é de 0.9, ou seja, números de um jogador que pouco participa da ação da equipe.

Contudo, para o Major em si, é muito complicado determinar qual será a Na´Vi dentro dos servidores. A equipe nunca ficou de fora das fases finais do torneio, e o formato MD1, além do embate contra equipes menos experientes, podem favorecer os veteranos do CIS.

Confira a playlist com todos os programas dessa série.

A GCB Games fará a cobertura completa do PGL Major Krakow 2017 entre os dias 16 – 23 de julho.

Para mais artigos e notícias sobre eSports curta nossa página no Facebook.

Gosta do nosso trabalho? Considere participar de nossa campanha para custear o site, veja informações aqui.