Browse By

CS:GO – Com Fallen fazendo a diferença no fim, SK bate Astralis e disputará a grande final da ECS S3

A SK Gaming está na grande final da ECS Season 3, a vaga veio após bater a dinamarquesa Astralis numa dura série MD3 nesse domingo (25), agora os brasileiros enfrentarão a FaZe Clan, ainda hoje por volta das 16h00.

SK Gaming 2 vs. 1 Astralis

12 x 16 (Overpass)

O grande confronto começou no mapa de escolha dos dinamarqueses. Jogando de contra-terrorista, a SK Gaming iniciou melhor. Logo no round pistol, Epitacio ‘TACO‘ Pessoa fez um 4K de USP para garantir o primeiro ponto. Depois, os brasileiros venceram os rounds com vantagem econômica com tranquilidade.

Nos primeiros rounds armados os brasileiros tentaram avanços e acabavam sendo punidos. Com isso a Astralis se aproveitou para passar a frente do placar. Mesmo conseguindo as primeiras eliminações a SK não se contentava e seguia em posições ofensivas. Por vezes funcionava, por vezes não funcionava.

Entendendo o jogo da SK, a Astralis soube ser paciente e punir o jogo brasileiro com eliminações. Com isso, a vantagem no placar foi aumentando. Os dinamarqueses conseguiram vencer cinco rounds seguidos e não venceram o sexto por uma falha de Lukas ‘gla1ve‘ Rossander. Assim, o primeiro half fechou em 6 a 9 para a Astralis.

Depois de vencer o segundo pistol, a Astralis conseguiu abrir uma boa vantagem, dobrando a pontuação da equipe brasileira. Sem conseguir acertar seu lado terrorista, a SK viu o time dinamarquês ficar a dois pontos de fechar o mapa antes de conquistar seu primeiro ponto no lado terrorista.

Depois de perder cinco rounds consecutivos, a SK conseguiu acertar suas entradas e segurar cinco matchs points. Mas, a Astralis foi paciente, fez os econômicos na hora certa e fechou em o mapa em 12 a 16.

16 x 14 (Mirage)

Na Mirage de terrorista a SK começou bem vencendo o pistol round e colocando 3 a 0 no placar, mas no primeiro armado não conseguiu ser efetiva na entrada, estourando o tempo e caindo para os dinamarqueses, outras duas vitórias pelo lado da Astralis empataram a partida. Os europeus dependiam bastante de Markus “Kjaerbye” Kjærbye, que fazia uma bela primeira metade, segurando o hold dos brasileiros com avançadas inusitadas.  Outro grande pesadelo da SK na primeira metade vinha sendo a economia, assim como foi no primeiro mapa, o jogo dinamarquês impossibilitava os brasileiros de seguirem com um bom armamento e utilitários, fazendo com que acontecessem entradas incompletas no esquema tático terrorista.

Para finalizar a primeira metade, Gabriel “Fallen” Toledo chamou a responsabilidade, vencendo o 1v2 e garantindo o 6 x 9.

Na segunda metade um pistol agressivo no bombsite A colocou as defesas brasileiras em choque, e deixou cair por terra a reação imediata da SK. Porém, não abatidos os nossos representantes conseguiram vencer logo no forçado, não deixando com que a Astralis abrisse larga vantagem, a partir dai o jogo se tornou novamente muito parelho com as economias quebradas de ambos os lados. Aos poucos a SK voltava a disputa do placar e após o empate em 12 a 12 apareceu novamente Gabriel “Fallen” Toledo em três eliminações insanas para colocar a sua equipe na liderança do placar.

Mesmo com a vantagem, os brasileiros não possuíam economia suficiente para o restante dos rounds, e após o 15 x 13 isso ficou notável, com um setup de duas MAG-7, mesmo assim, quase os brasileiros conseguiram o retake, mas a falta de um defuse kit na equipe impossibilitou de trazer a vitória no mapa por hora. A consagração viria logo na sequência, com uma rodada bagunçada por parte da Astralis, pecando na entrada com a C4 na linha de frente, o que facilitou para a conquista do ponto derradeiro no mapa, 16 a 14.

16 x 12 (Inferno)

A Astralis iniciou de terrorista no mapa decisivo Inferno, venceu o pistol e garantiu os antiecos e o round contra forçados sem nenhum problema, os dinamarqueses ainda venceram o primeiro armado, não tendo muitas dificuldades de abrir 0 x 5. A SK veio a pontuar pela primeira vez após o tempo estourar numa entrada ruim dos europeus para o bombsite A, mas na sequência novamente a Astralis venceu outro abrindo 1 x 6. A partir dai a SK voltou completamente ao jogo, conseguindo um bom setup de defesa com um reforço ao bombsite A, a estratégia inibiu os dinamarqueses que pecavam vez após vez em suas entradas.  Os brasucas conseguiram empatar em 6 a 6 e posteriormente virar, mas ao fim quem terminou a metade na frente foram os europeus com um 7 a 8.

Na segunda metade os brasileiros conseguiram vencer o pistol round, e no forçado adotaram uma postura bastante conservadora, enquanto que João “Felps” Vasconcellos flanqueava os adversários, os outros quatro garantiram o espaço do meio, onde as pistolas seriam menos efetivas, sem perder nenhuma arma a SK conseguiu passar a frente no placar em 9 a 8.

Após o décimo ponto os nossos representantes tentaram usar da mesma estratégia, mas com entrada em dois tempos pelo tapete, a Astralis já calejada  das derrotas no mesmo, conseguiu bloquear e garantir o nono ponto. A disputa se mostrava ainda mais apertada, então apareceu a estrela de Andreas “Xyp9x” Højsleth que num tiro mentiroso conseguiu garantir a eliminação de entrada para sua equipe na “banana”, no retake para o bombsite B, ainda eliminou outros dois jogadores colocando o empate em 10 a 10 nos números gerais.

Do lado brasileiro quem apareceu em momento decisivo foi Fernando “fer” Alvarenga, que conseguiu trazer novamente a vantagem para o lado brasileiro com três eliminações, abrindo três rounds de vantagem no placar a SK forçou a Astralis a guardar o armamento, e foi essencial para o restante da partida com os europeus conseguindo duas rodadas após disputadas apertadas, uma delas com o capitão Gabriel “Fallen” Toledo confiando demais no fake defuse Andreas “Xyp9x” Højsleth, que desarmou a bomba direto. O líder do quinteto brasileiro se recuperou na sequência com assustadoras eliminações, colocando o match point no placar.

Para fechar de uma vez a partida, a SK requisitou um pause tático, e conseguiu fechar a partida contra o forçado europeu e garantir o 16 a 12, além da vaga na grande final.

Para todos os horários e informações da ECS Season 3 visite nosso link de cobertura.

Para mais artigos e notícias sobre eSports curta nossa página no Facebook.

Gosta do nosso trabalho? Considere participar de nossa campanha para custear o site, veja informações aqui.