Browse By

Você (já) deveria ter jogado – Donkey Konga

Donkey Konga foi lançado no ano de 2003 no Japão e teve sua versão americana lançada no ano seguinte.  Projetado para o lancheira Gamecube ele foi um grande jogo de sua época pela proposta bastante única de promover um jogo de ritmo baseado em bongôs e com um nível de dificuldade bastante interessante.

A mecânica apesar de simples é bastante desafiadora exigindo bastante ritmo e coordenação, pois o bongô do lado esquerdo possui uma cor, o direito de outra, não bastando existe uma terceira cor para sinalizar que ambos devem ser tocados ao mesmo tempo. Como os japoneses acharam que tocar tudo isso era fácil demais, há um quarto elemento, ou seja, as palmas.

O jogo foi desenvolvido pela Namco e possui versões em Japonês, Americana e Europeia, com músicas localizadas de acordo com a região, e temas populares como The Legend of Zelda, Super Mario Bros. ou Super Smash Bros. Melee (esse último apenas na versão europeia).

Donkey Konga é possivelmente um dos melhores jogos de ritmo que eu já joguei (e olha que geralmente sou meio sem ritmo para essas coisas, mas sou o maniaco dos jogos de ritmo), ele possui tudo que você imaginar, ele tem ritmo, músicas cativantes, o efeito de tocar os bongôs realmente conversa com a música, e é mega divertido de se jogar com amigos.

Curiosamente, o maior ponto forte do jogo é também seu maior ponto fraco (e nem me refiro ao fato dele ser lançado para a lancheirinha o Gamecube) mas sim os seus controles. Pois já é complexo localizar uma boa versão desse jogo para compra, achar atualmente dois bongôs controles seja uma missão quase que homérica (não vou pensar na possibilidade de alguém conseguir ter 4 controles pois acho que quando isso ocorre um buraco de minhoca se abre na Terra até um planeta de bananas)

Se já difícil encontrar um controle desses tambores do demônio imagina encontrar 4 bongôs

Tivemos duas sequências de Donkey Konga, o Donkey Konga 2 e o 3. Donkey Konga 2 possui uma das piores seleções de músicas da história dos jogos de ritmo, pois vai da depressão leve a depressão ritmada, e nada do jogo anima realmente. Infelizmente, já o Donkey Konga 3 saiu apenas no Japão, não possuindo uma versão americana ou europeia (mas considerando que tem uma música do Naruto no jogo, então nem sei se é uma perda muito grande)

VEJA TAMBÉM  Xenoblade Chronicles 2 e Fire Emblem Warriors são anunciados para Switch

Então se um dia, por uma grande sorte do destino, vocês tiverem a oportunidade de jogar Donkey Konga… APROVEITEM! Vocês terão uma as experiencias mais divertidas do mundo dos jogos, tanto que atualmente tenho desejado um retorno desse jogo para o Nintendo Switch (ok, eu sei que isso será impossível mas sonhar ao menos por enquanto não paga imposto).

Leia mais