Browse By

CS:GO – VP começa destruindo a fnatic, SK domina OpTic; confira os primeiros resultados da ESL One New York

Filip 'NEO' Kubski grande destaque da primeira rodada, na vitória da VP contra a fnatic (FOTO: hltv.org)

Filip ‘NEO’ Kubski grande destaque da primeira rodada, na vitória da VP contra a fnatic (FOTO: hltv.org)

E começou a ESL One New York 2016. Essa é a primeira grande competição do segundo semestre deste ano, e a primeira vez que acontece em Nova York.

Com um regulamento diferente do tradicional, a ESL decidiu usar o formato Suiço na primeira fase da competição. Neste formato, não existem grupos, a cada rodada as equipes de campanhas iguais se enfrentam, até que apenas uma equipe alcance três vitórias, lhe garantindo na fase semifinal. 

Confira aqui como foram os confrontos da primeira rodada:

Virtus.pro 16 x 6 fnatic

A competição já começou com um clássico europeu. Os poloneses da VP confirmaram o melhor momento e venceram com facilidade os suecos. Jogando na de_cobblestone, a fnatic teve uma grande dificuldade de encaixar seu jogo de terrorista no first half.  Perderam o round pistol e o primeiro armado levando cinco a zero. Chegaram a conseguir o empate, mas sofreram com as boas defesas de bomb de Filip ‘NEO‘ Kubski. O first half fechou 10 a 5 para a VP.

No second half, os poloneses passaram não tomaram conhecimento dos ex-melhores do mundo, só perderam um round e garantiram a vitória num belo controle da queda com Janusz ‘Snax‘ Pogorzelski e Paweł ‘byali‘ Bieliński, fechando em 16 a 6.

G2 Esports 13 x 16 Astralis

O segundo jogo do dia foi entre os franceses da G2 e os dinamarqueses da Astralis. Um grande duelo na de_dust2 com uma virada espetacular da Astralis. Os dinamarqueses começaram vencendo o primeiro pistol round, mas Cédric ‘RpK‘ Guipouy conseguiu um quad kill no eco da sua equipe. Depois disso, a G2 deu uma aula de re-domínio de bombsites e venceram o primeiro half por 10 a 5.

VEJA TAMBÉM  CS:GO - EnVyUs conquista o título da WESG e leva 800 mil dólares

Já no segundo half, a G2 deu um apagão e não conseguiu repetir o que fez na primeira metade da partida. Nicolai ‘device‘ Reedtz conseguiu garantir rounds importantíssimos e Andreas ‘Xyp9x‘ Højsleth conseguiu um triple kill, segurando o rush da G2 pela varanda e garantiu a vitória dos dinamarqueses por 16 a 13.

SK Gaming 16 x 10 OpTic

A partida começou melhor para os americanos jogando na de_train. Venceram o pistol round, com um 4K do Keith ‘NAF-FLY‘ Markovic, eco e anti-eco. No primeiro armado os brasileiros venceram, com uma boa entrada no bombsite A, mas sofreram um reset econômico no round seguinte, com um novo 4K deo ‘NAF-FLY’. Apesar do mal começo, a SK venceu oito rounds seguidos e garantiu a vitória do first half por 9 a 6.

 

No pistol do second half, novamente a OpTic venceu e chegou a virar a partida nos rounds seguintes. Mas num eco, a SK conseguiu boas kills no bombsite B, quebraram a economia dos americanos e voltaram a ficar na frente do placar, e não perderam mais rounds, fechando a partida em 16 a 10.

Team Liquid 16 x 9 Natus Vincere

O primeiro confronto entre americanos e europeus aconteceu na de_mirage. A Liquid até começou melhor, vencendo o pistol round e o eco. Porém, no anti-eco, Josh ‘jdm64‘ Marzano não foi armado e não conseguiu segurar o bombsite A e entregando o round. Depois disso, a Na’Vi venceu seis rounds seguidos e conseguiu garantir a vitória no first half, apesar de Jonathan ‘EliGE‘ Jablonowski manter a Liquid viva na partida. Ao final o placar marcava 9 a 6.

Second half também foi disputado. A Na’Vi venceu o pistol, mas perdeu os três rounds seguintes, dando emoção para a partida. Mas, voltando a controlar o meio do mapa, e conseguindo vários re-domínios, a Na’Vi venceu mais seis rounds seguidos conseguindo a vitória por 16 a 9.

Leia mais